• Admin

Como prevenir a sensibilidade nos dentes?

Dicas rápidas que podem te ajudar!



Está acostumado a sentir uma dor forte e rápida quando bebe cerveja gelada ou experimenta um sorvete? É muito possível que você esteja com sensibilidade dos dentes. Além do desconforto, esse problema faz com que você deixe de aproveitar suas bebidas e alimentos preferidos.

A sensibilidade nos dentes ou sensibilidade dentária (como também é chamada) atinge por volta de 15% a 20% dos adultos, tanto homens quanto mulheres. A sua principal característica é uma dor aguda e de curta duração.

Ela ocorre quando a dentina (camada mais interior do dente) é exposta. Não é possível determinar apenas um motivo para que isso aconteça. Existem duas causas principais que estão ligadas a outros fatores. Confira quais são:

Desgaste do esmalte que cobre a dentina - pode ser provocada pelo excessivo ranger e apertar dos dentes (bruxismo), refluxo gastroesofágico, escovação com muita força ou movimentos errados, dentes lascados ou fraturados, consumo excessivo de alimentos ácidos, uso de cremes dentais abrasivos ou de alguns cremes branqueadores e bulimia (distúrbio alimentar). Outro fator que pode desgastar o esmalte é a diminuição do fluxo salivar provocada pelo uso de medicamentos como ansiolíticos ou aqueles usados para tratar a asma.

Retração das gengivas - pode ser ocasionada por diversos fatores, como: alguma doença inflamatória na gengiva (como a gengivite); uma escovação excessivamente forte e pesada; oclusão desbalanceada (mal fechamento da boca/posição incorreta dos dentes superiores e inferiores durante a mordida); acúmulo de tártaro.


Afinal, como prevenir a sensibilidade nos dentes?

Veja agora algumas formas de evitar que a sensibilidade nos dentes seja uma realidade na sua vida:


1 - Preste atenção na hora de escovar os dentes

Como você pode ver, um dos principais causadores da sensibilidade é a escovação errada. Isso acontece porque muita gente acredita que escovar os dentes com força significa limpá-los melhor, mas isso não é verdade. Pelo contrário, escovar de forma pesada pode machucar a gengiva e desgastar o esmalte.

Procure escovar seus dentes de acordo com as orientações do seu dentista. Utilize escovas de dente com cerdas macias e cabeças pequenas. Na hora de escolher o creme dental, opte pelos não abrasivos.

2 – Procure evitar bebidas e alimentos ácidos

A ingestão excessiva de alimentos ou bebidas como sucos ácidos, bebidas energéticas, refrigerantes, barrinhas de cereal, frutas ácidas (limão, laranja, acerola, abacaxi, morango, maracujá, etc), chá de ervas e vinagre pode dissolver o esmalte dos dentes e expor a dentina.

Se pensa que escovar logo depois ajuda, está muito enganado: pode piorar a situação. Enxágue a boca com água logo após a ingestão ou espere por volta de vinte minutos para escovar os dentes caso você tenha acabado de consumir esses alimentos ácidos.

3 - Utilize a placa de proteção

Essa dica é para quem sofre de bruxismo e apertamento dos dentes, ou seja, quem aperta e range os dentes de forma excessiva (principalmente enquanto dorme).

O bruxismo e o apertamento são uma das principais causas do desgaste do esmalte e se não for tratado pode chegar a ocasionar a perda do esmalte dos dentes.

Você deve procurar um dentista para que ele realize o diagnóstico e assim seja capaz de lhe passar as orientações corretas sobre como tratar o problema com a placa protetora, que é feita sob medida e evita o impacto e o desgaste dos dentes.

4 - Tenha cuidado com as pastas de dente clareadoras

Sabe aqueles cremes dentais que supostamente clareiam os dentes? Eles fazem isso a partir de substâncias abrasivas que retiram os pigmentos do esmalte e que por isso podem remover também o próprio esmalte.

5 - Beber água ao longo do dia

Beber uma boa quantidade de água por dia não é apenas benéfico para a sua saúde no geral, mas também para os seus dentes. Isso porque a ingestão do líquido contribui para evitar que o pH da sua saliva seja mantido em um nível ácido .

6- Ajuste Oclusal

Sua oclusão pode estar desequilibrada e alguns dentes sofrendo mais cargas que outros e como consequência temos a "perda" de esmalte e exposição de dentina. Apenas um profissional será capaz de detectar isto e sugerir as melhores formas de tratamento.


Não tente utilizar remédios caseiros para lidar com a sensibilidade nos dentes. A melhor coisa a se fazer é procurar um dentista. Apenas um ele poderá tirar todas as suas dúvidas e lhe orientar sobre os tratamentos mais indicados para o seu caso.


#sensibilidadedentaria #sensibilidadedentes #prevençaosensibilidade






3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Spotify ícone social
  • instagram
  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon

© 2023 por Nós Sorrimos. Criado orgulhosamente com Wix.com